Chihuahua
Pode chegar a apenas 15 cm de altura e só 500g de peso, despertando um certo fascínio nas pessoas. Afinal, um cãozinho que pode ser levado a qualquer lugar, até dentro do bolso, e que se acomoda sem problemas em pequenos ambientes, é muito atraente. Entretanto, há anos a raça é pouco registrada em nosso país, pelo provável desistímulo causado por sua difícil reprodução, devido a fatores como ninhadas médias de apenas 2 filhotes; fêmeas que não entram no cio ou não querem cruzar; machos cujos testículos não descem à bolsa escrotal; necessidade de cesariana devido às cabeças grandes dos filhotes e a necessidade de ajuda no parto para romper a placenta e cortar o cordão umbilical.

Peso: pode variar de 500g a 2,5kg, sendo ideal entre 1 e 2 kg.

Cuidados: até os 9 meses evitar quedas e apalpar a moleira (comum na raça). Banhos após última vacinação (aos 4 ou 5 meses), quinzenais no verão e mensais no inverno, sempre em dias de sol e por volta do meio-dia. O comum acúmulo de tártaro nos dentes, pode ser evitado com escovação diária com escova e pasta específica para cães (em pet shopes) ou com uma solução de Digluconato de Clorexidine a 0,12% (em fármacias de manipulação).

Local: muito friorento, deve dormir sobre panos ou jornais picados, em lugar seco e sem correntes de ar. A criadora Elvira Marreto Santos, do Canil Rafeiro, no Rio de Janeiro - RJ lembra que por ser muito frágil e delicado, até os 60 dias convém deixá-lo totalmente resguardado para evitar que seja pisado. Após os 60 dias pode circular livremente desde que o ambiente não seja muito movimentado (pessoas e outros animais).

Clique aqui para voltar para as Raças de Companhia