É bem provável que as duas variações existentes nesta raça inglesa tenham origens diferentes. Sabe-se apenas que já no século XVIII eram utilizados nas caçadas às raposas - que lhe valeram o nome - além de outros roedores. Os ancestrais do pelo duro devem ser o Terrier de Gales, Derbyshire e Dunham. Os de pêlo liso, além de terriers, o Bull Terrier, o Greyhound e o Beagle.
Vivacidade, coragem e perseverança são heranças de seu instinto de caçador. Adora brincadeiras de correr e pular, para gastar um pouco de sua energia. Não gosta muito de ser provocado, mas sim de chamar atenção. Possui natureza independente.
Clique aqui para voltar para as Raças de Companhia