Poodle Grande Poodle Médio
Na sociedade moderna a miniaturização está por toda parte: telefones, computadores, eletrodomésticos, etc. Vivemos em espaços cada vez menores. Quando o assunto é Poodle, muitos querem os menores exemplares e exigem até mesmo garantia de que o cão não vai crescer muito.
É o que observam vários criadores da raça, que apontam uma procura significativa pela variedade menor. A maioria das pessoas desconhece como pode ser grande a diferença de convívio determinada por alguns centímetros na altura, implicando uma mudança no perfil do lar que vai se adequar melhor ao cão. Errar na escolha do tamanho pode corromper a relação cachorro-dono, pois ambas as partes ficarão infelizes.
O padrão oficial da raça, publicado pela Confederação Brasileira de Cinofilia, filiada à Federação Cinológica Internacional, estabelece claramente que apenas quatro tamanhos são reconhecidos: o Poodle Grande (de 45 a 60 cm), o Poodle Médio ou Standard (de 35 a 45 cm), o Poodle Anão (de 28 a 35 cm) e o Poodle Toy (abaixo de 28 cm, sendo 25 cm a altura do tipo ideal). Mas, para atender a procura, o Toy acabou subdividido em denominações não reconhecidas oficialmente pela Cinofilia.
Nos anúncios de venda, o nome Toy é geralmente usado para exemplares na faixa de 25 a 28 cm. Os com menos de 20 cm são chamados de Micro e os de tamanho intermediário recebem o nome Micro Toy.
Essa classificação decorre da diferença de tamanho facilmente perceptível entre os Toys, além de as variações comportamentais tornarem-se mais óbvias à medida que o porte diminui. Já para o Poodle Anão o mercado prefere a denominação Miniatura, considerada mais elegante por eliminar qualquer conotação de proporções não ideais, como pernas curtas demais, típicas do nanismo mas não dos Poodles Anões, evitando gerar confusão.
Clique aqui para voltar para as Raças de Companhia